Jardim dos Mestres

Eventos e Recorrências

Durante a vida, passamos por determinado número de eventos, situações, que se repetem, com maior ou menor frequência. Dormir, acordar, tomar banho, trabalhar, participar de encontros, reuniões, festas, encontrar determinadas pessoas, perder o trem, atrasar-se, alimentar-se, são alguns eventos comuns.

Dirigir pode ser mais um evento na vida de alguns. E ninguém está livre de, um dia, ao passar com o carro por alguma rua, cair num buraco. Se isto ocorrer e futuramente nos mantivermos atentos e preparados para passar por essa rua novamente, então não voltaremos a cair no mesmo buraco. Não por medo, não por memória mecânica, mas por consciência.

A partir desse exemplo, ampliemos seu sentido e analisemos quais são os buracos em que estamos sempre caindo, repetidamente, as pessoas com as quais sempre nos irritamos, as situações das quais sempre nos envergonhamos, as pessoas e situações que sempre tememos, as pessoas e situações que sempre rejeitamos, evitamos, não aceitamos, os erros que sempre cometemos, as bobagens que sempre dizemos.

A repetição de um evento é uma chance que temos para nos comportarmos de uma maneira diferente, de nos transformarmos, de assumirmos a responsabilidade por nossas ações, por nossos comportamentos. Contudo, se reagimos sempre da mesma maneira, então não mudamos nada, apenas seguimos com nossas ações condicionadas, mecânicas.

Se estivermos nos auto-observando durante um evento, depois poderemos analisar o que se passou, poderemos buscar a compreensão e a eliminação dos defeitos envolvidos. Desta forma, quando o evento vier a se repetir, poderemos nos preparar para ele e então expressar as virtudes condizentes


20 de janeiro de 2013

0   Respostas em Eventos e Recorrências

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *