Jardim dos Mestres

Nada Existe

Um jovem estudante Zen, visitou um mestre após outro. Então foi até Dokuon de Shokoku. Desejando mostrar o quanto já sabia, o estudante disse, vaidoso:

 

“A mente, Buddha, e os seres sencientes, além de tudo, não existem. A verdadeira natureza dos fenômenos é vazia. Não há realização, nenhuma delusão, nenhum sábio, nenhuma mediocridade. Não há o Dar e tampouco nada a receber!”

 

Dokuon, que estava fumando pacientemente, nada disse. Subitamente ele acertou o jovem na cabeça com seu longo cachimbo de bambu. Isto fez o jovem ficar muito irritado, gritando xingamentos.

 

“Se nada existe,” perguntou, calmo, Dokuon, “de onde veio toda esta sua raiva?”

0   Respostas em Nada Existe

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *